quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Halloween - Receitas para Assustar IV - Dedos de Bruxa






E como ainda temos alguns dias antes do Halloween que tal mais uma receita?
Estes biscoitos vão de certeza chamar a atenção, tanto pelo aspecto assustador como pelo sabor.
É que desfazem-se na boca e é tão difícil resistir-lhes.



Ingredientes


227g de manteiga à temperatura ambiente

128g de açúcar em pó

1 ovo

1 colher de chá de essência de amêndoa

1 colher de chá de essência de baunilha

352g de farinha

1 colher de chá de fermento

1 colher de chá de sal

Amêndoas qb

Geleia ou xarope de morango qb




Misture a manteiga com o açúcar, o ovo e as essências. Depois junte a farinha com o fermento e o sal até ficar com uma massa bem homogénea.

Embrulhe em película aderente e leve ao frigorífico por meia hora.


Como esta massa é muito sensível ao calor dívida-a em 3 ou 4 partes e enquanto trabalha uma parte mantenha as restantes no frigorífico.

Faça rolinhos de massa do tamanho desejado, e tente dar-lhe a forma de um dedo,  não esquecendo os risquinhos das dobras, que pode fazer facilmente com uma faca.

Coloque uma amêndoa numa das pontas, a imitar uma unha, e ponha num tabuleiro forrado com papel vegetal. 

Disponha os dedos com alguma distância entre eles, a massa no cozer vai alargar. Quando estiver cheio leve o tabuleiro ao frigorífico por meia hora e pré aqueça o forno entre 180° e 200°.


Leve a cozer cerca de 20 minutos ou até os biscoitos ficarem com uma cor dourada e apetecível.


Por muito perfeitos que fiquem os rolinhos, com o calor vão alargar um pouco, daí a importância de colocá-los no frigorífico antes de irem a cozer (para evitar que alarguem muito). Se tiver oportunidade coloque mesmo no congelador.


Para dar um toque extra a estes dedos, depois de terem arrefecido, retire a amêndoa e com um pouco de geleia ou xarope de morango (ou outra de cor vermelha) cole-a de novo no biscoito.

Vai ver que ainda fica mais horripilante.




Divirtam-se e bons sustos!

Sem comentários:

Publicar um comentário